Céu e Terra se Encontram (Cover Davi Fernandes)

A letra dessa música tocou muito o meu coração quando estive em uma ministração na comunidade Deus Provedor. Em uma tarde de muita chuva e vontade de explicitar o desejo de adorar a Deus, coloco toda minha reverência e louvor a Ele nessa canção! Que você possa ser abençoado com esse louvor! Em nome de Jesus!

 

Rei dos reis te exaltamos
Rei dos reis te adoramos
Vem e toma o teu lugar aqui
Vem e toma o teu lugar aqui

Céu e terra se encontram
Alinhando o seu plano
O universo estremece
O leão rugiu no trono

Música: Céu e Terra se encontram
Composição: Davi Fernandes
Link música: https://www.youtube.com/watch?v=I0pMv7qWdjc

RESOLVIDO: RequestExpiredRequest timestamp

Bom dia pessoal! tudo certo?

Esses dias tivemos um problema relacionado a integração com o AmazonSES, estava retornando a seguinte mensagem:

RequestExpiredRequest timestamp: Mon, 14 Feb 2011 10:13:32 GMT expired.
It must be within 300 secs/ of server time

Verificamos o timezone do PHP na máquina e estava tudo certo, porém, notamos que existia uma diferença de alguns minutos entre o servidor que rodava a nossa aplicação e o servidor de integração da Amazon.

Aí rodamos o comando date para checar a data, e retornou o seguinte:

$ date
Mon Feb 14 10:16:24 UTC 2011

Chegamos a conclusão que a data do servidor não estava sincronizada com o NTP (Network Time Protocol). Para resolver esse problema, rodamos o seguinte comando:

$ sudo ntpdate pool.ntp.org
14 Feb 10:08:55 ntpdate[25724]: step time server 38.229.71.1 offset -639.622800 sec

And the magic happens.

Um forte abraço pessoal, espero que isso ajude vocês também!

😉

Problemas de conexão com banco de dados Oracle no Linux

Boa noite pessoal, tudo bem?

Pode ser que você esteja buscando essa solução há algumas horas, dias ou até semanas. Pois é, eu me bati muito com esse tipo de problema.

Basicamente o que aconteceu foi o seguinte:

De uma hora para a outra as conexões com o banco de dados Oracle em um servidor Linux (em produção) pararam de funcionar do nada.

Eu fiquei muito bravo, pois não conseguia entender onde estava o problema, checava tudo quanto é tipo de operação que a aplicação fazia, e estava tudo certo. Testes rodando local perfeito, aí descartei a hipótese de ser falha na aplicação.

Comecei a revirar a web atrás da solução desse problema, e é até um problema muito difícil de se procurar algo no “stackoverflow”. Não fazia nem idéia de qual termo poderia colocar para descrever esse problema.

Uma hora, quando eu estava bem cabreiro já com a situação, eu lembrei que o pessoal da Infra havia trocado o “Hostname” recentemente da máquina, e comecei a notar um comportamento estranho quando eu digitava “sudo -s” para pegar permissões de root na máquina, retornava uma mensagem: “sudo:unable to resolve host linux-server“.

Aí me veio na idéia de adicionar o hostname novamente no /etc/hosts, basicamente editei o arquivo e adicionei uma linha assim:

127.0.0.1                                   linux-server.local                            linux-server

Depois tentei rodar novamente o comando “sudo” e funcionou sem dar nenhum tipo de erro no terminal. Depois disso, já tentei reiniciar o apache, e advinhem?

As coisas voltaram a funcionar e todos os problemas do mundo foram resolvidos num passe de mágica.

Espero que você consiga resolver rapidamente seu problema com essa ajuda aí!

Um forte abraço!

Os 3 problemas mais comuns no universo web

internet-of-things-2Hoje eu gostaria de compartilhar com vocês alguns problemas que são recorrentes no mundo web e que as vezes passam despercebido, e são problemas muitas vezes banais, cuja solução na maioria dos casos é simples e o retorno é altíssimo.

Tentando ser bem objetivo, vamos falar basicamente dos seguintes pontos:

  1. Domínios (endereço do site/sítio) sem o “www.”
  2. Formulários de contato que não enviam e-mail por falta de configuração
  3. Esquecer de colocar o código de Acompanhamento do Google Analytics

1. Domínios (endereço do site/sítio) sem o “www.”

Uma boa parte dos usuários na rede mundial de computadores ainda utilizam os sites com o prefixo “www.”, é uma prática comum, que as vezes é esquecida na hora de fazer a definição dos sub domínios no gerenciamento de DNS do domínio. Pra quem não sabe, DNS significa Domain Name Server (Servidor de Nomes de Domínios), ele é responsável por traduzir o nome que você digita na barra de endereços para um endereço IP (Exemplo: rosseti.eti.br -> 127.0.0.1).

Se os usuários não alcançam seu site colocando o “www.” você pode estar perdendo “leads”, que são possíveis clientes ou interessados naquilo que você está vendendo ou oferecendo. A solução para esse problema é simples, basta ir até o sistema de gerenciamento do seu domínio e acrescentar a entrada “www” do tipo A e apontar para o IP do seu servidor. E pronto, só aguardar uns 30 minutos para propagar e o problema estará resolvido!

2. Formulários de contato que não enviam e-mail por falta de configuração

Esse problema é mais comum do que a gente imagina, as vezes um site é publicado na internet e essa parte acaba não sendo testada de forma efetiva. O problema pode estar relacionado a várias circunstâncias, que vão desde esquecer os parâmetros de configuração do servidor de disparos de e-mail, parametrização incorreta de parâmetros de envio, as vezes o servidor não possui as características de envio necessários.

Basta fazer os ajustes necessários e começar a receber os contatos de possíveis clientes.

3. Esquecer de colocar o código de Acompanhamento do Google Analytics

Esquecer o código de acompanhamento do Google Analytics é imperdoável :P. Hoje é muito importante você ter controle e gestão sobre os acessos ao seu site, conhecer os usuários, o comportamento deles, qual o percentual de rejeição do seu conteúdo. Todas essas coisas são métricas que vão auxiliar você a tomar decisões para melhorar a venda e oferta de seus produtos na web. Isso é tão interessante porque nós estamos o tempo inteiro vendendo, ou estamos vendendo nossa própria imagem, uma idéia, ou um produto específico, e isso vale para todos os casos.

Então não esqueça de adicionar o Tracking do Google Analytics nas próximas páginas.


 

Por hoje é isso pessoal, deixem seus comentários aí e me ajudem a melhorar cada vez mais.

Obrigado!

 

MAC OS X El Capitan – Finder.app bug

Recentemente após atualizar meu sistema para o El Capitan, me deparei com esse problema, que não me impede de utilizar o sistema, mas achei muito engraçado e não deixei de registrar, gostaria de compartilhar com todos e inclusive com os developers da Apple, se puderem verificar esse problema aí, muito estranho. Só para constar, eu já utilizei o sistema em Português do Brasil e acabei mudando recentemente para Inglês, então por algum motivo o sistema ficou mudando a máscara com o nome das pastas de forma aleatória.

Assista o vídeo e veja que engraçado.

 

 

(Atualizado 2x) Kernel_task utilizando 100% de CPU no OS X Mavericks 10.9

Mac OS X Mavericks 10.9
Há alguns dias atrás realizei o upgrade do Mountain Lion para o OS X Mavericks. Depois da atualização eu comecei a achar estranho porque a bateria começou a acabar mais rápido como de costume, antes eu utilizava meu MacBookAir durante 8~9 horas, caiu para 5~6 horas depois da atualização.

Eu comecei a acompanhar o Monitor de Atividade de forma constante e notei que após o sistema entrar em Repouso, no retorno o processo “kernel_task” estava consumindo 100%. Isso começou a me chatear muito, pois sempre fiz upgrades e nunca tive problemas, desta vez eu comecei a ficar #chateado.

Foi aí então que eu resolvi consultar a área de suporte do site da Apple, onde eles orientam as pessoas que estão com problemas relacionados ao Kernel a realizarem a reinicialização da NVRAM/PRAM.

Reinicialização da NVRAM/PRAM:

  1. Desligue o Mac.
  2. Localize as teclas a seguir no teclado: Command, Option, P e R. Na etapa 4, você deverá pressionar essas teclas simultaneamente.
  3. Ligue o computador.
  4. Mantenha as teclas Command-Option-P-R pressionadas até que a tela cinza de inicialização seja exibida.
  5. Mantenha as teclas pressionadas até o computador ser reiniciado e emitir o som de inicialização pela segunda vez.
  6. Solte as teclas.

Essa solução resolveu meu problema, e  você? Passou por esse problema também? Deixe-me saber 😉

Definitivamente essa solução não resolveu meu problema. Infelizmente eu acabei testando essa solução em casa, onde eu não estava utilizando o EarPhone da Apple (infelizmente).

Acabei ficando frustrado quando cheguei na empresa, pluguei o fone abaixei a tela do notebook e fui no banheiro, quando voltei estava lá o bendito kernel_task denovo, consumindo 100% de CPU.

Executei um diagnóstico chamado PowerMetrics, ele deu o seguinte resultado:

**** Interrupt distribution ****

CPU 0:

Vector 0x93(IGPU): 141.53 interrupts/sec
Vector 0x94(XHC1): 1.00 interrupts/sec
Vector 0x96(HDEF): 215577.43 interrupts/sec
Vector 0x98(ARPT): 15.95 interrupts/sec
Vector 0xdd(TMR): 182.40 interrupts/sec
Vector 0xde(IPI): 9.97 interrupts/sec

CPU 1:

Vector 0xdd(TMR): 3.99 interrupts/sec
Vector 0xde(IPI): 1.99 interrupts/sec

CPU 2:

Vector 0xdd(TMR): 79.74 interrupts/sec
Vector 0xde(IPI): 95.68 interrupts/sec

CPU 3:

Vector 0xdd(TMR): 28.90 interrupts/sec
Vector 0xde(IPI): 25.91 interrupts/sec

Veja que existe um vetor nomeado HDEF, ligeiramente consultei os forums da Apple para verificar se alguém estava com o mesmo problema que o meu, achei o seguinte tópico: https://discussions.apple.com/thread/5497235 com o mesmo problema que o meu.

Eu já havia testado de tudo, removido a maioria dos softwares “third_party”, porém o problema sempre persistia, foi aí então que resolvi testar retirando o EarPhone da Apple, e advinhem? CPU voltou ao normal, em todos os testes que executei.

Agora é só aguardar a Apple lançar algum patch para corrigir esse problema.

—————————————————————
UNOFFICIAL PATCH – IMPORTANT UPDATE: The user John_Raz (https://discussions.apple.com/people/John_Raz) shared an useful fix to this issue. He had create an archive with the driver and the tool to install it easily. You can download here: http://puu.sh/5RBvj.dmg
————————————————————–

Valeu 😉